5 razões para digitalizar sua Casa de Repouso

Hoje em dia vivemos em um mundo digital. Estamos em contato com a tecnologia desde o momento que acordamos, com o despertador do celular, até quando vamos dormir e olhamos a rede social antes de pegar no sono.

Na área da saúde, essa transformação não poderia ser diferente. As possibilidades do uso da tecnologia na saúde estão transformando os serviços, agregando valor ao atendimento ao cuidado.

Para as Casas de Repouso, a tecnologia pode trazer uma diferenciação de mercado importante, tanto para ter uma gestão mais eficaz, quanto para aprimorar o cuidado dos residentes. Separamos 5 razões para você deixar o papel e a caneta de lado e digitalizar sua Casa de Repouso.

1. Melhorar gerenciamento e armazenamento das informações

Ao menos todo mês é a mesma história: Alguém pega os papéis do mês anterior na pastinha do residente e guarda isso tudo em um arquivo, enquanto coloca para impressão as folhas do próximo mês. Normalmente são informações relevantes como sinais vitais, medicação e evolução que vão se juntando em uma pilha de prontuário.

gerenciar informacoes

Além disso, a Casa é obrigada a guardar estas informações por um longo período, mesmo depois do residente deixar de morar por lá. Atualmente, segundo a resolução do CFM n.º 1.821/07 , este período não pode ser menor do que 20 anos. Ou seja, você precisa manter um local/cômodo com toda essa papelada. A esperança é sempre a de não precisar de um papel antigo, pois nem sempre é fácil achar lá no meio.

2. Otimizar o trabalho dos técnicos e cuidadores

Com a digitalização das anotações da Casa, toda a rotina passa a ser sistematizada. Uma prescrição de enfermagem ou uma aferição de sinal vital, passa da confiança de que o registro feito em papel para o compromisso do profissional com suas tarefas.

No entanto, apesar de soar como um aumento da cobrança, na prática tem efeito contrário. Uma vez que toda informação armazenada é auditável, com data, hora e responsável, o sentimento de accountability aumenta dentro da equipe.

lar feliz

Portanto, uma vez que todo trabalho é sistematizado e feito corretamente, ganha-se mais tempo para realização do cuidado dos residentes e produtividade da equipe. Em alguns casos existem relatos até de ajuste no número de técnicos devido a esta organização.

redução de custos

3. Garantir que nenhum cuidado ou medicamento seja esquecido

Entre os principais problemas relatados pelas Casas de Repouso, a falha na medicação dos residentes é uma das principais dores. É fato que cada instituição procura uma forma de minimizar este erro, através de anotações em folhas, recontagem de medicação, entre outros. Na prática notamos que este erro aparece de forma recorrente, infelizmente ligado à falha humana.

medicamentos

Erros humanos acontecem e continuarão ocorrendo. Estudos sugerem que cada humano cometa entre 3 e 6 erros por hora! Atualmente, a melhor forma para minimizar erros é a digitalização da informação. No digital, os funcionários da Casa terão acesso à quais medicamentos devem ser aprazados, bem como sua disponibilização e horário.

4. Prever estoque de medicamentos e insumos

Pegando o gancho das medicações, tanto a previsibilidade de estoque quanto saber o que pedir para a Família dos residentes são outras grandes dores de cabeça.

Com a prescrição feita, a farmácia tem que dar um jeito de contar e calcular a disponibilização de todos os medicamentos. Sabemos que normalmente os residentes tomam mais do que 5 medicações por dia, se multiplicarmos isso para cada residente percebemos o quão rápido isso pode virar um processo caótico.

gestão estoque

Por outro lado, com a utilização de uma plataforma para fazer a gestão, é possível calcular a duração do estoque, independente da prescrição. Desta forma, a farmácia coordena melhor seu trabalho, além de poder criar listas de compras bem determinadas para a família.

5. Tecnologia, inovação e diferenciação na sua Casa de Repouso

Por fim, é importante pensar na questão de mercado. Imagine que a família de um residente vá visitar sua Casa. Quando ela notar todos os processos organizados, o residente recebendo um cuidado de qualidade e ainda com todo o suporte que a tecnologia pode oferecer, isso causa um sentimento na família de que fizeram a escolha certa.

Felizmente fomos testemunhas de várias Casas que após sua digitalização viram o número de residentes aumentar consideravelmente, pois uma vez que a família se sente confortável com a escolha do residencial ela passa a ser uma promotora do seu trabalho, divulgando para conhecidos.

felicidade residentes

Sabemos que a adoção de uma plataforma digital pode precisar de um esforço de toda a equipe para sair da zona de conforto, porém os resultados no curto e longo prazo são incríveis! Se puder dar uma dica é: O digital chegou e você pode se digitalizar já!

Compartilhe: